Escola Paulista de Medicina
Departamento de Morfologia e Genética

Museu de Anatomia Prof. Dr. Renato Locchi - História

museu anatomia tile

O Museu

História

Visitas e Público

Local e Horários

Contato e Agendamento

Regras de Visitação

Até os anos de 1964 e 1965, o pavimento térreo do Edifício Leitão da Cunha era ocupado pelas Disciplinas de Parasitologia, Patologia e Técnica Cirúrgica.

No entanto, neste período, alguns fatos importantes aconteceram:

  • A chegada do Professor Doutor Renato Locchi para chefiar a Disciplina de Anatomia Descritiva e Topográfica e;
  • A abertura dos novos cursos de Enfermagem, Fonoaudiologia e Ortóptica.

A necessidade de mais espaço físico para abrigar as aulas teóricas e práticas, dos novos cursos, fez com que o Professor Renato Locchi solicitasse ao Diretor da Escola Paulista de Medicina, o incremento físico da Disciplina de Anatomia.

Com o pedido justificável e aceito, surgiram as primeiras salas, destinadas aos docentes da Disciplina, e o saguão central do pavimento, que ficou destinado a abrigar um ambiente de reuniões e um museu.

Nascia assim, o Museu de Anatomia da Escola Paulista de Medicina.

As primeiras peças foram remanescentes de cursos de Técnicas Anatômicas e das preparações realizadas pelos técnicos em Anatomia que por aqui passaram.

 Destacam-se os profissionais pioneiros na Disciplina: Diolindo Conceição de Souza e Inácio Terto dos Santos. A seguir vieram: Antonio Augusto, Elcio Deamo, Luiz Antonio Pereira e José de Oliveira, Alberto Rosário da Rocha e João Faccioli. Atualmente, a Disciplina conta com o trabalho primoroso do técnico Paulo Ricardo Rocha

Entre os anos de 1968 e 1969, o Museu de Anatomia passou a ser bastante frequentado, especialmente nas reuniões científicas da Disciplina de Anatomia, nas quintas-feiras à tarde, organizadas pelo Professor Doutor Jose Carlos Prates e coordenadas pelo Professor Doutor Renato Locchi.

Com o passar dos anos, a Disciplina tornou-se referência nacional no ensino da Morfologia. Entre janeiro e fevereiro de 1974, o Treinamento de Docentes em Morfologia, com 245 horas de duração e que pleiteou profissionais de todos os estados do país foi um destes especiais momentos. Da mesma forma, a Atualização Didática para Docentes do Ensino Superior, entre 6 e 31 de maio de 1974, coordenada pelo Professor Doutor Jose Carlos Prates, constituiu-se no embrião do futuro Departamento de Educação da Universidade (sigla que não chegou a ser constituída), mas que hoje é representado pelo CEDESS (Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde).

Nesse vai-e-vem impassível do tempo, as peças preparadas, de forma artística e artesanal, foram compondo a paisagem do Museu. Atualmente, além do material confeccionado pelos técnicos da Disciplina, há também aquele advindo dos cursos de Técnicas Anatômicas promovidos pela Sociedade Brasileira de Anatomia e de doações do Departamento de Patolgia.

Com o passar dos anos, além de peças anatômicas normais, o museu foi composto de peças e indivíduos com anomalias congênitas, o que desperta ainda mais a curiosidade científica e denota a atmosfera de integração interdisciplinar, que já é uma rotina dos docentes do Departamento há vários anos.

Em 2016, os docentes da Disciplina decidiram homenagear o fundador da Disciplina de Anatomia e o rebatizaram com o nome de Museu de Anatomia Humana Professor Doutor Renato Locchi.

Atualmente, as mais de 1000 peças anatômicas disponíveis para visitação são cuidadosamente conservadas e servem para pesquisa e ensino, em níveis de pós-graduação, nas várias Disciplinas e Departamentos da Universidade.

Departamento de Morfologia e Genética - Edifício Leitão da Cunha - Térreo  •  morfologia@unifesp.br

Rua Botucatu, 740 - Vila Clementino - CEP 04023-900 - São Paulo - SP   •   Telefone: 11  5576 4848  VoIp 2454